sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Quanto mais idiota melhor


Acabei de assistir a um comercial sobre a campanha de votação (por conta do ano eleitoral) onde a imagem de um pretenso astrônomo amador está observando estrelas. Eis que a luz do lampião aceso se apaga e ele deixa de observar a passagem de um meteoro glamuroso por conta de tentar aceder novamente o lampião. A metáfora faz parte de uma campanha para que escolhamos um candidato e fiquemos de olho nele.
Então fico pensando que quem pensou na "brilhante" idéia do lampião iluminado em uma observação astronômica que, não procurou nem uma consultoria de um estudioso e nem ao menos realizou leitura BÁSICA de astronomia, pois se o fizesse saberia que nunca se acende qualquer fonte de luz próximo a luneta (no caso) que se pretende telescópio, pois a luz atrapalha a visão noturna. O ideal é acostumar-se com a escuridão para que nossos olhos acostumem-se a ela e assim melhore a qualidade do que será observado. Um princípio básico de astronomia que foi literalmente deixado de lado, por pura ignorância de quem se pretende profissional de propaganda. Lamentável. A intenção é boa, mas a desinformação fere nossa inteligência ;-)
Só falta agora ganharem prêmio de propaganda.

4 comentários:

Anônimo disse...

é issao aí... saiu um artigo na Scientific American Brasil sobre divulgaçãoi cientifica. Recomendo. Falando nisso. Aquele livro de cienciaXcinema que era pra sair no Rio, vai sair? abração. B.

Marcelo Ribeiro disse...

Fala Carlos, tudo bem?

Essa propaganda foi dura de engolir mesmo. O amadorismo do "astrônomo" se confunde com o amadorismo dos "publicitários" :) Lamentável mesmo.

Abs,

Marcelo Ribeiro

Áureo Barroso disse...

Meu amigo Carlos,
faço o mea culpa. Fui um dos que achou uma grandesacad esse comercial. Acontece que fazê-lo ignorando os princípios básicos da ciência em questão é uma estupidez...
taí mais um motivo pra eu conseguir tmpo para olhar para o alto com atenção.
Um abraço,
Winston
P.S. Veja meu blog: www.brejodacruz.blogspot.com

Glauco disse...

Particularmente, como desconhecia essa ‘regra’ da astronomia, achei a propaganda legal, afinal, a idéia de esperar 4 anos por um deslize pareceu-me bem relacionada com as eleições. Mas tens razão. Quem sabe se eles usassem outra forma de distração não é?